Lista K – Uma lista e um programa em aberto

No momento em que comuniquei ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral a minha demissão de Presidente do Capítulo, escrevi-lhe uma carta onde explico as razões dessa demissão. A minha decisão baseou-se, entre outros factores, no meu desconforto com o programa de actividades seguido pela associação até então. Como eu tinha proposto esse programa, e sido responsável pela sua execução e pela formação da direção, só me restava demitir-me. Isso daria oportunidade a uma continuação do que tinha sido aprovado pela AG que nos elegeu. Em alternativa, seria possível fazer eleições e colocar de novo em aberto o rumo a seguir. A situação evoluiu para a convocação de novas eleições.

Defendo, no essencial, que o Capítulo ISOC-PT deve ter um programa de actividades alinhado com a missão e o plano de trabalhos da Internet Society. Não só na forma, mas também na substância, isto é, contribuindo de forma concreta, mesmo que modesta, para mudanças reais na forma como a Internet se mantém aberta, universal, acessível e confiável. Para isso não chega promover debates e tomar posições públicas. É necessário tentar concretizar actividades no terreno, na mesma linha e formas que a ISOC promove a nível global. Por outro lado, para facilitar a operação da direção, esta deve ser pequena, com 3 ou 4 membros, mas complementada por grupos de trabalho semi permanentes actuando em diferentes frentes.

José Legatheaux Martins, ex presidente do Capítulo Português da Internet Society

Está esboçado abaixo um programa de trabalhos na filosofia acima exposta. Você, caro associado, pode contribuir para a sua elaboração, assim como para a avaliação do realismo da sua implementação, de duas formas: a) dando contribuições para a sua elaboração, ou b) disponibilizando-se para participar, ou mesmo liderar, algum grupo de trabalho. Pode fazer essa contribuição enviando email para jose . legatheaux at domínio da ISOC PT.

Consulte e contribua para o programa da lista K